Pedigree

Desmistificando o que é pedigree

Pedigree

Muito é falado sobre pedigree no mundo dos cães e gatos, no entanto, a grande maioria do público que se interessa por este mundo não sabe exatamente quais são as condições e processos pelos quais um animal deve passar para receber este título. Em resumo, o certificado de Pedigree indica as principais características de um animal doméstico de acordo com uma padronização específica de raça, mostrando a ascendência do animal até sua terceira geração e classificando-o como um pet de raça pura.

Não é qualquer animal que pode receber este tipo de certificado, tendo em vista que o pedigree é conferido, apenas, para os animais que passam por todo esse processo detalhado e não são fruto de nenhum tipo de mistura entre raças diferentes – algo extremamente comum nos dias de hoje.

Para exemplificar melhor o quão específicas devem ser as características do animal que busca esse certificado, basta lembrar o grande número de criadores especiais presentes no Brasil e em todo o mundo nos dias de hoje; que se dedicam, exclusivamente, à reprodução de raças puras, mesmo que para isso, em boa parte dos casos, tenham que trazer exemplares de outras regiões e países.

As regras do Pedigree

 De acordo com a Confederação Brasileira de Cinofilia, o certificado de Pedigree é concedido aos animais que atendem às características padrão de sua raça e, portanto, devem ser filhotes de outros cães que também possuam o certificado. O registro pode ser requisitado, principalmente, por meio de clubes filiados , que recebem o pedido dos canis que comercializam o pet e o encaminham para a autorização da confederação.

No portal da entidade, há uma enorme listas das raças reconhecidas no Brasil e no mundo, onde são especificados os principais atributos de cada uma delas, incluindo aparência, personalidade, textura da pelagem, características corporais (padrões de cabeça, pescoço, peito, cauda, membros e etc), altura, peso, cor, pele e, ainda, que tipo de faltas e desvios do padrão podem eliminar ou penalizar o animal que busca o certificado de raça pura.

 

Além do registro de pedigree, a Assosiaçao  também concede atestados em diferentes categorias complementares para os que atuam com cães de raça pura, incluindo certificados para criação, exposição, arbitragem e registro genealógico, entre outros.

A importância do pedigree

 Além de garantir a pureza da raça de seu cão, o registro de Pedigree possibilita que seu pet possa ser usado para a reprodução de filhotes puros e é necessário para que o animal possa participar de qualquer tipo de exposição ou competição oficial de animais na Confederação Brasileira de Cinofilia.

Funcionando como um “certificado de garantia”, o pedigree também garante que o dono do animal em questão tenha, de antemão, uma série de informações mais detalhadas sobre o filhote, que terá menos chances de apresentar mudanças de comportamento, aparência e possíveis deficiências físicas ao longo da vida - em relação aos animais que são fruto da mistura de raças.